Translate

Nosso Canal Youtube
Patrocinadores do clube
Peças Auto 24

www.PECASauto24.pt
Autopecas-online

www.AutoPECAS-online.Pt
Inscreva-se!


Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Página 34 de 38 Anterior  1 ... 18 ... 33, 34, 35, 36, 37, 38  Seguinte

Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por PauloEduardo em Ter Dez 05, 2017 9:24 pm

Emerson68 escreveu:Assim, só pra ter uma idéia, vcs que estão trocando total ou parcial o fluido do CVT, o carro de vcs está com qual KM ?

Emerson, tem de tudo aqui. Troca parcial, total, total com filtros, etc. O senso comum é que se faça pelo menos uma troca parcial a cada 40k rodados, no máximo 60k até porque o NS-2 / 3 é muito resistente. Isto vale para o B17 também.
avatar
PauloEduardo
Admin

Mensagens : 2801
Data de inscrição : 18/10/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por PauloEduardo em Ter Dez 05, 2017 9:29 pm

WilsonM escreveu:radiador de fluido de CVT é difícil de achar, se achar custa caro demais. Mas talvez você consiga numa revenda Mitsubishi.

Vai no Elf que o Paulo citou, um dos melhores. E tenho visto muita gente usando o NS-3 original da Nissan.

Wilson, não foi você que consultou diretamente a Jatco sobre o uso do NS-3 no jf011e? Se bem me lembro disseram que poderia ser usado, não?
avatar
PauloEduardo
Admin

Mensagens : 2801
Data de inscrição : 18/10/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por WilsonM em Qua Dez 06, 2017 8:50 am

sim, o engenheiro da Jatco no Japão confirmou que pode ser usado o NS-3. Aparentemente, ele quis dizer que não há grandes diferenças entre o NS-2 e NS-3. A grande diminuição de atrito no câmbio CVT do novo Sentra ocorre porque no B16 parte do conjunto correia/polia funcionava submerso no carter do fluido.
avatar
WilsonM
Admin

Mensagens : 7034
Data de inscrição : 07/10/2015
Idade : 54
Localização : Miami, Fl.

http://www.nissanclube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por WilsonM em Qua Dez 06, 2017 9:57 am

Acho que no esquema abaixo dá para entender o que a Nissan afirmou de que o atrito do CVT Xtronic de última geração causar menos atrito.

Atente para a polia inferior, sofrendo "atrito" ao entrar em contato com o fluido do CVT.



um fluido mais viscoso pode ajudar em especial na hora de sair com o carro, já que na partida o conversor de torque depende da pressão do fluido, mas assim que a lock-up é acionada, o fluido deixa de ter tanta importância para transmistir força as rodas motrizes.

O conjunto das polias, correias e conversor de torque gera muito calor, e aí que o fluido tem de ajudar, precisa dispersar este calor, e talvez este seja o maior desafio dos fluidos para CVT.
avatar
WilsonM
Admin

Mensagens : 7034
Data de inscrição : 07/10/2015
Idade : 54
Localização : Miami, Fl.

http://www.nissanclube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por leonardo lucas em Qua Dez 06, 2017 4:16 pm

WilsonM escreveu:sim, o engenheiro da Jatco no Japão confirmou que pode ser usado o NS-3. Aparentemente, ele quis dizer que não há grandes diferenças entre o NS-2 e NS-3. A grande diminuição de atrito no câmbio CVT do novo Sentra ocorre porque no B16 parte do conjunto correia/polia funcionava submerso no carter do fluido.

será que ele ao se referir a essa possibilidade,não ficou implícito,que somente seria no caso de uma troca total/completa???
digo isso,pois,tenho lido inúmeras reclamações,após essa troca parcial,não especificamente,em relação ao ns-3,mas o fato de se adotar e até recomendar essa troca parcial (misturando com outros fluídos)....será que não é chegado o momento de se rever esse procedimento,em que pese ser mais caro,mas,não seria melhor,recomendar,a troca total(fluído de qualidade) e com isso minimizando os riscos de um problema futuro ??
fazendo uma analogia com o motor do carro,da mesma forma como não tem cabimento,trocar o óleo,sem trocar o filtro...podendo ocasionar borra a longo prazo,em se tratando de cvt,outras anomalias podem acontecer,como todos sabem a química é algo muito complexo e ao meu ver o resultado de uma mistura de dois fluídos diferentes com viscosidades distintas,dentro de um sistema fechado=2ZNS +3O2+2ZNO+(SO4)3 - +2SO2 +ZN2 O3 ..e por ai vai,a reação/futura é  totalmente incerta.

leonardo lucas

Mensagens : 463
Data de inscrição : 04/12/2015
Localização : RIO DE JANEIRO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por WilsonM em Qua Dez 06, 2017 5:44 pm

problema é o custo, Leonardo. Mesmo uma troca simples pode custar mais de R$1.000. Fazer 3 trocas consecutivas seria bom, mas o ideal seria abrir o câmbio e o conversor de torque, mas quem se disporia a gastar uns R$10 mil para fazer?

a questão da troca parcial é não deixar de fazer o mínimo, para não ter de aceitar correr o risco de quebra do câmbio, que é muito pior, já que a própria Nissan diz que o câmbio CVT não pode ser reparado, ele deve ser substituído.

Nos USA a Nissan confia tanto na Jatco, que a garantia do câmbio é de 5 anos ou 60.000 milhas. É neste ponto que fico mais tranquilo, este câmbio CVT não é algo que seja de tirar o sono de ninguém. O sistema é bom e bem confiável, além de muito durável.

Outro detalhe, pelos relatos de alguns amigos, a Mitsubishi faz estas trocas parciais, assim como a Honda. A Nissan não afirma claramente, mas no Brasil tem inspeção no CVT com 100.000 km na css, que pouca gente faz, já que nesta km todo mundo vai utilizar oficinas multimarcas, em busca de preços mais em conta.
avatar
WilsonM
Admin

Mensagens : 7034
Data de inscrição : 07/10/2015
Idade : 54
Localização : Miami, Fl.

http://www.nissanclube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por PauloEduardo em Qua Dez 06, 2017 9:03 pm

leonardo lucas escreveu:
WilsonM escreveu:sim, o engenheiro da Jatco no Japão confirmou que pode ser usado o NS-3. Aparentemente, ele quis dizer que não há grandes diferenças entre o NS-2 e NS-3. A grande diminuição de atrito no câmbio CVT do novo Sentra ocorre porque no B16 parte do conjunto correia/polia funcionava submerso no carter do fluido.

será que ele ao se referir a essa possibilidade,não ficou implícito,que somente seria no caso de uma troca total/completa???
digo isso,pois,tenho lido inúmeras reclamações,após essa troca parcial,não especificamente,em relação ao ns-3,mas o fato de se adotar e até recomendar essa troca parcial (misturando com outros fluídos)....será que não é chegado o momento de se rever esse procedimento,em que pese ser mais caro,mas,não seria melhor,recomendar,a troca total(fluído de qualidade) e com isso minimizando os riscos de um problema futuro ??
fazendo uma analogia com o motor do carro,da mesma forma como não tem cabimento,trocar o óleo,sem trocar o filtro...podendo ocasionar borra a longo prazo,em se tratando de cvt,outras anomalias podem acontecer,como todos sabem a química é algo muito complexo e ao meu ver o resultado de uma mistura de dois fluídos diferentes com viscosidades distintas,dentro de um sistema fechado=2ZNS +3O2+2ZNO+(SO4)3 - +2SO2 +ZN2 O3 ..e por ai vai,a reação/futura é  totalmente incerta.

Leonardo, agora você me deixou com uma pulga atrás da orelha. Quais seriam as implicações a longo prazo de fluidos misturados?
Um fluido pode perder rapidamente suas características ao ser misturado com outro? Será que no meu caso o fluido da Mit teve sua vida encurtada devido a mistura com o resto de NS-2/Elfmatic que havia lá, ainda que tenha feito duas parciais com troca de filtro? E agora, será que o Valvoline está "zunindo" devido ao mesmo problema? O resíduo lá era Mit com resquícios de NS-2 e Elfmatic, obviamente. O Valvoline é totalmente sintético (os outros acho que não). Se a base química for muito diferente ele não pode perder quase que imediatamente suas principais propriedades?

Não tive problema algum na primeira troca que fiz (uma parcial simples) com o Elfmatic porque ele traz escrito de forma explicita nas especificações: "Este fluído pode ser misturado ao Nissan NS-2".

Meu receio agora é gastar aos tubos com fluido caro e amargar o zunido em pouco tempo. Começo a considerar seriamente a troca total por máquina. Mas como sempre diz o Wilson, tem que ser num local muito bem estruturado e com a máquina totalmente limpa de resíduos de fluidos anteriores, senão caímos na mesma situação.

E para fechar com chave de ouro. Será que podemos misturar com a consciência tranquila NS-2 e 3?
avatar
PauloEduardo
Admin

Mensagens : 2801
Data de inscrição : 18/10/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por leonardo lucas em Qua Dez 06, 2017 9:22 pm

.

leonardo lucas

Mensagens : 463
Data de inscrição : 04/12/2015
Localização : RIO DE JANEIRO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por leonardo lucas em Qua Dez 06, 2017 9:26 pm

WilsonM escreveu:problema é o custo, Leonardo. Mesmo uma troca simples pode custar mais de R$1.000. Fazer 3 trocas consecutivas seria bom, mas o ideal seria abrir o câmbio e o conversor de torque, mas quem se disporia a gastar uns R$10 mil para fazer?

a questão da troca parcial é não deixar de fazer o mínimo, para não ter de aceitar correr o risco de quebra do câmbio, que é muito pior, já que a própria Nissan diz que o câmbio CVT não pode ser reparado, ele deve ser substituído.

Nos USA a Nissan confia tanto na Jatco, que a garantia do câmbio é de 5 anos ou 60.000 milhas. É neste ponto que fico mais tranquilo, este câmbio CVT não é algo que seja de tirar o sono de ninguém. O sistema é bom e bem confiável, além de muito durável.

Outro detalhe, pelos relatos de alguns amigos, a Mitsubishi faz estas trocas parciais, assim como a Honda. A Nissan não afirma claramente, mas no Brasil tem inspeção no CVT com 100.000 km na css, que pouca gente faz, já que nesta km todo mundo vai utilizar oficinas multimarcas, em busca de preços mais em conta.
.

já imaginava que fosse caro,uma troca completa,porém,em relação a carro,o mais caro é o melhor,não vejo com bons olhos essa prática das trocas parciais...é impressão minha,ou quase sempre não fica bom?? entendo perfeitamente a disponibilidade financeira de cada um,mas continuo vendo como um investimento,principalmente,para aqueles que pretendem ficar um prazo maior com o carro;na verdade,o motivo dessa minha postagem,é que eu tenho visto os novos sentreiros,buscando informação,como realizar essa questão da troca do óleo do cvt,e ao que me parece,é sugerido por muitos em primeiro plano,essa troca parcial,e aquela pessoa,com disponibilidade financeira,que faria esse investimento da troca total,não o faz,por conta,desse procedimento/orientação usual do grupo (trocas parciais),finalizando,penso que devemos atentar para as informações que são passadas,enfatizando 1- troca total/ideal...2- troca parcial,pode parecer óbvio,mas não é !!! tudo com o propósito de orientar corretamente, os novos sentreiros.


Última edição por leonardo lucas em Qui Dez 07, 2017 1:46 am, editado 1 vez(es)

leonardo lucas

Mensagens : 463
Data de inscrição : 04/12/2015
Localização : RIO DE JANEIRO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por leonardo lucas em Qua Dez 06, 2017 9:26 pm

WilsonM escreveu:problema é o custo, Leonardo. Mesmo uma troca simples pode custar mais de R$1.000. Fazer 3 trocas consecutivas seria bom, mas o ideal seria abrir o câmbio e o conversor de torque, mas quem se disporia a gastar uns R$10 mil para fazer?

a questão da troca parcial é não deixar de fazer o mínimo, para não ter de aceitar correr o risco de quebra do câmbio, que é muito pior, já que a própria Nissan diz que o câmbio CVT não pode ser reparado, ele deve ser substituído.

Nos USA a Nissan confia tanto na Jatco, que a garantia do câmbio é de 5 anos ou 60.000 milhas. É neste ponto que fico mais tranquilo, este câmbio CVT não é algo que seja de tirar o sono de ninguém. O sistema é bom e bem confiável, além de muito durável.

Outro detalhe, pelos relatos de alguns amigos, a Mitsubishi faz estas trocas parciais, assim como a Honda. A Nissan não afirma claramente, mas no Brasil tem inspeção no CVT com 100.000 km na css, que pouca gente faz, já que nesta km todo mundo vai utilizar oficinas multimarcas, em busca de preços mais em conta.
.

já imaginava que fosse caro,uma troca completa,porém,em relação a carro,o mais caro é o melhor,não vejo com bons olhos essa prática das trocas parciais...é impressão minha,ou quase sempre não fica bom?? entendo perfeitamente a disponibilidade financeira de cada um,mas continuo vendo como um investimento,principalmente,para aqueles que pretendem ficar um prazo maior com o carro;na verdade,o motivo dessa minha postagem,é que eu tenho visto os novos sentreiros,buscando informação,como realizar essa questão da troca do óleo do cvt,e ao que me parece,é sugerido por muitos em primeiro plano,essa troca parcial,é aquela pessoa,com disponibilidade financeira,que faria esse investimento da troca total,não o faz,por conta,desse procedimento/orientação usual do grupo (trocas parciais),finalizando,penso que devemos atentar para as informações que são passadas,enfatizando 1- troca total/ideal...2- troca parcial,pode parecer óbvio,mas não é !!! tudo com o propósito de orientar corretamente, os novos sentreiros.


Última edição por leonardo lucas em Qui Dez 07, 2017 2:01 am, editado 1 vez(es)

leonardo lucas

Mensagens : 463
Data de inscrição : 04/12/2015
Localização : RIO DE JANEIRO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por leonardo lucas em Qua Dez 06, 2017 10:21 pm

PauloEduardo escreveu:
leonardo lucas escreveu:
WilsonM escreveu:sim, o engenheiro da Jatco no Japão confirmou que pode ser usado o NS-3. Aparentemente, ele quis dizer que não há grandes diferenças entre o NS-2 e NS-3. A grande diminuição de atrito no câmbio CVT do novo Sentra ocorre porque no B16 parte do conjunto correia/polia funcionava submerso no carter do fluido.

será que ele ao se referir a essa possibilidade,não ficou implícito,que somente seria no caso de uma troca total/completa???
digo isso,pois,tenho lido inúmeras reclamações,após essa troca parcial,não especificamente,em relação ao ns-3,mas o fato de se adotar e até recomendar essa troca parcial (misturando com outros fluídos)....será que não é chegado o momento de se rever esse procedimento,em que pese ser mais caro,mas,não seria melhor,recomendar,a troca total(fluído de qualidade) e com isso minimizando os riscos de um problema futuro ??
fazendo uma analogia com o motor do carro,da mesma forma como não tem cabimento,trocar o óleo,sem trocar o filtro...podendo ocasionar borra a longo prazo,em se tratando de cvt,outras anomalias podem acontecer,como todos sabem a química é algo muito complexo e ao meu ver o resultado de uma mistura de dois fluídos diferentes com viscosidades distintas,dentro de um sistema fechado=2ZNS +3O2+2ZNO+(SO4)3 - +2SO2 +ZN2 O3 ..e por ai vai,a reação/futura é  totalmente incerta.

Leonardo, agora você me deixou com uma pulga atrás da orelha. Quais seriam as implicações a longo prazo de fluidos misturados?
Um fluido pode perder rapidamente suas características ao ser misturado com outro? Será que no meu caso o fluido da Mit teve sua vida encurtada devido a mistura com o resto de NS-2/Elfmatic que havia lá, ainda que tenha feito duas parciais com troca de filtro? E agora, será que o Valvoline está "zunindo" devido ao mesmo problema? O resíduo lá era Mit com resquícios de NS-2 e Elfmatic, obviamente. O Valvoline é totalmente sintético (os outros acho que não). Se a base química for muito diferente ele não pode perder quase que imediatamente suas principais propriedades?

Não tive problema algum na primeira troca que fiz (uma parcial simples) com o Elfmatic porque ele traz escrito de forma explicita nas especificações: "Este fluído pode ser misturado ao Nissan NS-2".

Meu receio agora é gastar aos tubos com fluido caro e amargar o zunido em pouco tempo. Começo a considerar seriamente a troca total por máquina. Mas como sempre diz o Wilson, tem que ser num local muito bem estruturado e com a máquina totalmente limpa de resíduos de fluidos anteriores, senão caímos na mesma situação.

E para fechar com chave de ouro. Será que podemos misturar com a consciência tranquila NS-2 e 3?

Não tenho conhecimento profundo em química,a fórmula,foi apenas uma ilustração; compartilho das mesmas dúvidas que vc, e por não ter o conhecimento necessário em química,para esclarecer essas situações,só me resta utilizar o bom senso e a lógica diante de uma situação complexa...é fato,que só faria uma troca parcial,com uma informação explicita,conforme vc mesmo disse, a respeito do fluído elfmatic,por outro lado como essas trocas parciais nunca são perfeitas,sempre existirão resíduos, e que essa mistura,certamente,resultará numa perda de performance do fluído novo (até porque,não poderia resultar numa melhora/fluído velho + fluído novo),agora saber,qual a reação que um "determinado cvt",terá a partir dessa mistura,e em quanto tempo ocorrerá,sinceramente eu acho que nem um doutorado em química,vai conseguir precisar ao certo,haja vista a infinidades de váriáveis possíveis:estado geral do cvt/tipos de fluídos misturados/quantidade do resíduo/temperatura/modo de dirigir,enfim inúmeros fatores,de qualquer forma,penso que  na dúvida,tal como existe,ainda, essa incerteza sobre  o  NS-2 e NS-3 ,não deveriámos fazer,sequer recomendar(essa mistura),pois,mesmo sendo um fluído de excelente/magnífica qualidade em todos os sentidos,a longo prazo,não é possivel prever,sendo assim,temeroso,o resultado dessa reação,e finalizando,esse procedimento,deveria ser extensivo a todos os outros fluídos,que não estejam explicitamente informado no rótulo( creio que sendo assim, foi previamente testado), a possibilidade de mistura com fluído que encontra-se no sistema cvt,lembrando que tentar economizar,nesse momento, da troca do fluído do cvt,(com diversas trocas parciais)....pode sair bem caro,tendo que ao final,em havendo problemas,por falta de cuidado e orientação adequada,ter que fazer logo após a troca completa,para ficar bom!!! ...kkkkkkk

leonardo lucas

Mensagens : 463
Data de inscrição : 04/12/2015
Localização : RIO DE JANEIRO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por Compwelt em Qui Dez 07, 2017 10:35 am

Deixo meu relato sobre as trocas que fiz:
Comprei o carro com 40k km, já com o típico zunido.
Aos 45k km fiz 2 trocas parciais com o Mtech J4 (comprado na ccs Mitsubishi), com intervalo de 150 km entre cada troca.
Aos 78k km voltou a zunir então fiz 2 trocas parciais com o Valvoline CVT, com intervalo de 1k km entre as trocas.
Não troquei os filtros em nenhuma ocasião. Quando fechar os 120k km pretendo fazer novas trocas parciais junto com os filtros.

Compwelt

Mensagens : 41
Data de inscrição : 20/10/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por WilsonM em Qui Dez 07, 2017 12:39 pm

tava olhando o service manual do B17, trocar o fluido do CVT dele ficou bem mais complicado que no B16.
avatar
WilsonM
Admin

Mensagens : 7034
Data de inscrição : 07/10/2015
Idade : 54
Localização : Miami, Fl.

http://www.nissanclube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por leonardo lucas em Qui Dez 07, 2017 1:56 pm

e não é só isso não!!como se não bastasse esse método de duplo dreno,para verificação do nível do fluído,(cadê a vareta?? meu Deussss!!)tudo nesse carro,é de difícil acesso:1-caixa de fusível,desafio qualquer um a tirar com os dedos,os inominados fusíveis...2-reservatório de água,fica numa posição que é extremamente difícil,ver a marca do máximo,o mínimo então,até hoje nunca vi!!!...3-botão de destravamento do câmbio,para ser usado,por ocasião de estacionamento,esse então,tem um princípio de funcionamento,que mesmo lendo e relendo o manual,diversas vezes desisti,de tão estranho!!! teria mais 8 coisas estranhas a relatar,a respeito do b17,mas é melhor parar por aqui, afinal,o assunto do tópico,não é este .


Última edição por leonardo lucas em Qui Dez 07, 2017 4:53 pm, editado 1 vez(es)

leonardo lucas

Mensagens : 463
Data de inscrição : 04/12/2015
Localização : RIO DE JANEIRO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por WilsonM em Qui Dez 07, 2017 2:49 pm

Leonardo, é porque o perfil do consumidor de carro hoje em dia é assim, poucos são os que ainda mexem em seus carros, geralmente fica tudo por conta das autorizadas. Hoje são poucos os que ainda lavam o carro, enceram. A maioria nem calibra os pneus.

Eu acho que todo mundo deve ficar tranquilo quanto ao fluido do CVT. Nos USa a primeira grande aplicação do câmbio foi em 2003 no Nissan Murano, então o sistema já foi bem testado. E tem muito consumidor norte-americano que chegou nos 100.000 milhas sem tocar no fluido. De longa data esta questão de trocar o fluido deixou se tratar de mistério, toda oficina faz.


avatar
WilsonM
Admin

Mensagens : 7034
Data de inscrição : 07/10/2015
Idade : 54
Localização : Miami, Fl.

http://www.nissanclube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por leonardo lucas em Qui Dez 07, 2017 4:48 pm

tudo bem,que existe esse perfil de consumidor,e eu me encaixo perfeitamente,nesse grupo( pow !!com exceção de calibrar pneu),mas confesso,que gostaria de ver(ainda nessa vida!!), o nível do fluído do cvt do b17(cadê a vareta?? meu Deusss!!!) ,independente do sistema ser seguro,pois,tal como o sistema de arrefecimento,que não deveria baixar,e já há ínumeros relatos que isso ocorre...porém, com esse mirabolante método dos japonkas de duplo dreno...sem condição!!

leonardo lucas

Mensagens : 463
Data de inscrição : 04/12/2015
Localização : RIO DE JANEIRO

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por pimenta59 em Qui Dez 07, 2017 5:20 pm

Vou te contar um segredo. Vai ser longo, mas acredito que será reconfortante para você.

A maioria das pessoas irão comprar o carro ZERO KM, fazer as três revisões da garantia na CSS, e passar o carro para frente assim que a garantia acabar. E NUNCA, NUNCA irão gastar com NADA no carro, nem olhar nada, nem fazer nada. NADA. Porque se o carro está em garantia, tudo o que rolar é culpa da CSS e pronto.

Tem gente que tem PAVOR de mecânico (com razão) e troca de carro com frequência para evitar isso, e se tiverem que ir na CSS para resolver qualquer coisa em garantia, já perdem a confiança no carro e nem esperam acabar a garantia para trocar.

Eu mesmo se comprasse um carro com câmbio CVT ou automático, iria usar até moer por uns 4~5 anos no máximo e passava para frente sem gastar um centavo nessas manutenções caras de transmissão automática.

Então os carros desse segmento se adequam a esse tipo público, em sua maioria homens de meia-idade (vulgo COROA, ou Tiosão, dependendo da região) e só quem compra usado é que vai se preocupar (ou ser preocupado) por isso.

No fim das contas, quem se lascará é o segundo dono (vulgo: o primeiro trouxa), que acha que está comprando um carro "BEM CUIDADO" e num vai dar 6 meses para o câmbio começar a patinar.

Meu conselho: se comprou ZERO, despreocupe-se com essa merda toda, e quando findar a garantia, aproveita uma dessas promoções da NISSAN taxa zero, usa esse de entrada (a NISSAN costuma a pegar 100% da FIPE nos NISSAN de até 3 anos), mais algum dinheiro juntado, paga as 36x parcelinhas sem juros, e faz isso de três em três anos, e pronto! Você estará sempre de carro novo, sem se preocupar com nenhuma dessas merdas. Compra até PRATA para não ter nem que lavar (carro prata sujo ou limpo ninguém percebe mesmo).

avatar
pimenta59

Mensagens : 1730
Data de inscrição : 08/10/2015
Localização : Olinda - Glorioso estado de Pernambuco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por WilsonM em Qui Dez 07, 2017 6:12 pm

transmissão automática é coisa complicada em todas as marcas.
As piores ainda são as transmissões automáticas antigas com engrenagens planetárias, em termos de manutenção é um terror. O CVT com conversor de torque tem este grande mérito, é de uma simplicidade inigualável.

e isto de não ter a vareta de medição é comum. A Ford nos USA tem algumas transmissões seladas, e também alguns veículos da Jaguar, então é mal que aflige montadoras de todos os naipes.

mas eu reconheço que este sistema da Nissan no B17 para troca do fluido é muito engenhoso. Melhor que no B16, em que a gente costuma medir o quanto saiu de fluido para tentar repor a mesma quantidade. Aí, quando vamos conferir, precisamos fazer com o câmbio quente, e geralmente descobrimos que acabou ficando acima do nível.

é difícil dizer isto, mas os problemas que o pessoal tem relatado de zunido sempre é por uso de fluido barato, que pode ser associado a baixa qualidade, e às vezes associado com uma mão-de-obra barata, que se resume num serviço mal feito. Para provar que estou errado, só quando aparecer alguém por aqui tendo utilizado um ELF, Febi ou o fluido da Nissan e apresentar problema, o que ainda não vi.
avatar
WilsonM
Admin

Mensagens : 7034
Data de inscrição : 07/10/2015
Idade : 54
Localização : Miami, Fl.

http://www.nissanclube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por hawf em Sex Dez 08, 2017 10:36 pm

WilsonM escreveu:é suspeito mesmo ter dado problema de câmbio com apena 52k km. E não entendi essa da css ter mandado seu carro para outra oficina de diagnóstico. Vou chutar aqui que como a Nissan não repara CVT quebrado, ela apenas troca o câmbio, a css preferiu terceirizar o serviço porque fica mais barato.
no orçamento não deu para ver a lista de peças a ser substituída? Se bem que sem abrir o câmbio acho bem difícil qualquer mecânico descobrir o que tem de errado. 
Bom, o carro sendo seu você tem direito a nota fiscal do reparador, peça uma cópia. E se forem mesmo abrir o câmbio para trocar a bomba do CVT, tenha certeza que é trabalho meio demorado, por exemplo, nem sei se vai ser fácil achar uma bomba nova. Se o serviço for rápido, é que trocaram só o fluido, filtros e junta.

Então, eu peguei o carro quase 1 semana depois que deixei lá, aparentemente tudo ok e o consumo de combustível está "normal", está fazendo 7 na cidade, andando de boa, bem vovozão.
Eles (css de seminovos) não quiseram me fornecer cópia da nota do serviço, me forneceram uma cópia bem porca da ordem de serviço interna. Estou há 1 semana com o carro, mas perdi completamente a confiança. Hoje eu levei o carro numa oficina especializada (Bortolini Câmbios Automáticos) aqui em Curitiba. Contei tudo o que ocorreu (mas não havia falado o nome da CSS), ele pediu pra ligar o carro, acelerar com o freio do mão puxado e no D, disse que estava tudo ok, aí comentei da CSS e ele me contou que eles fazem o serviço lá (que coincidência!), ai foi verificar com a secretária se o meu carro estava cadastrado no sistema e puxou a ficha completa do que foi feito. Foi trocado a bomba de oleo mesmo, filtros, junta e óleo de câmbio. Ele me afirmou que não é para me preocupar que essa css faz questão de devolver o carro sem problema. Só recomendou que daqui uns 45/50mil km eu realize uma nova troca de óleo para evitar problemas.

Saí de lá sem um peso nas costas, estava com medo de algum problema estourar na minha mão após o término da garantia.

lenhador2001 escreveu:Hawf,
Além de suspeito, acho estranho o aumento do consumo. Você disse que mesmo mantendo em 1500 RPM o consumo é alto.
Se o cambio está conseguindo fazer o carro andar normalmente (apesar do zunido) e o RPM, em situação normal, é 1500, eu chutaria que o alto consumo tem outro culpado.
Passou o Scanner. Tem a lista das falhas presentes e armazenadas ?
Não duvido nada que quanto ao cambio, basta trocar o óleo (pelo menos baseado nos sintomas descritos) e o alto consumo é algo mais trivial como Sonda Lambda ou combustível ruim.
Ps.: 6,5 Km/l em cidade com morro e trânsito é quase normal...
Martin

Não passei o scanner, na verdade eu comprei um leitor obd2 e estou aguardando chegar para fazer um pré diagnóstico antes de levar na oficina de confiança (que só atende marcando com antecedência, devido a quantidade de clientes).
6,5km/l em qual cidade? Eu estou em Curitiba, hoje fiz a média na bomba e deu 7km/l.
Te confesso que se eu soubesse que o sentra teria esse consumo, iria de Jetta 2.5 que tem consumo igual e um ronco apaixonante Cool

hawf

Mensagens : 12
Data de inscrição : 01/11/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por lenhador2001 em Seg Dez 11, 2017 10:27 am

Eu, em Mogi das Cruzes/SP (ruas apertadas, muita subida, lombada, valeta) consigo 6,7 com ar ligado na gasolina. Só melhora um pouco durante as férias.

Na estrada vai normal, em torno de 14 Km/l, sem ar, entre Mogi e SP via Rod. Trabalhadores.

Na cidade vai depender muuuuiiiinto do caminho, trânsito, veloc. média.

Martin


lenhador2001

Mensagens : 190
Data de inscrição : 15/10/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por Jordan Kanduxo em Seg Dez 11, 2017 11:11 am

Martin, seu carro é monofuel? Essa média na estrada está excelente. Consigo fazer no máximo 13,5 km/l na estrada e com muito sofrimento...hehehe
avatar
Jordan Kanduxo

Mensagens : 145
Data de inscrição : 14/12/2016
Localização : Sorocaba/SP

http://fuscakanduxoemusica.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por jonywake em Qua Dez 13, 2017 10:25 am

Bom dia Amigos! Estou agendando a troca de óleo e fitros do CVT do meu Sentra encontrei este Óleo Valvoline Cvt Fluido Câmbio Automática Nissan Sentra é indicado este óleo ou procuro outro?. Muito Obrigado.

jonywake

Mensagens : 6
Data de inscrição : 19/10/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por WilsonM em Qua Dez 13, 2017 10:29 am

o fluido da Valvoline tem qualidade boa. Dá para usar, mas fique atento que dependendo da condição do seu CVT pode ser necessário efetuar um flush no sistema. Se o fluido atual estiver muito degradado uma troca simples única pode não ser suficiente.
avatar
WilsonM
Admin

Mensagens : 7034
Data de inscrição : 07/10/2015
Idade : 54
Localização : Miami, Fl.

http://www.nissanclube.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por Emerson68 em Seg Dez 18, 2017 11:16 pm

Pessoal,

Parece que tem mais um fluido que possa ser utilizado nos CVTs da Nissan, principalmente para os Sentras B17.  Segue imagem abaixo para apreciação.

Eu achava que só tinha original e o CVT Valvoline na especificação NS-3, mas parece que tem mais um. Diz que é homologado pela Nissan

http://www.diagil.com.br/Fichas_Tecnicas/TOTAL/AUTOMOTIVO/ELF/TRANSMISSAO-AUTOMATICA/ELFMATIC%20CVT.PDF
avatar
Emerson68

Mensagens : 237
Data de inscrição : 11/06/2017
Idade : 50

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por Spec em Ter Dez 19, 2017 3:36 pm

Boa tarde, amigos!

O tópico está muito grande, então gostaria de saber se já tem um procedimento padrão para o caso do zunido.

Comprei o Sentra S 2.0 Aut com 85.000Km rodados e o antigo dono não tinha feito nada além da manutenção básica. Eu estranhei o preço do carro (R$ 24.000,00 com choro), mas levei um mecânico para uma avaliação básica de motor, suspensão, etc, já que sou muito noob. O cara disse que estava aparentemente tudo ok, faltando só troca de velas, TBI e um pistão. O "choro" me valeu R$ 1.000,00 de desconto para tratar disso.

O carro tá rodando legal, apesar de consumo ruim (6,5KM/l na cidade) e de alguns trancos de vez em quando. Mas em 12 dias já morreu parado duas vezes, o que atribuo às velas, e ontem a luz indicadora do motor acendeu e não apagou mais. Além disso também o zunido ficou mais evidente ao acelerar um pouco mais o carro.

Minhas dúvidas básicas são:

Qual óleo mais indicado?
Devo fazer troca total ou parcial, considerando os 80 mil?
Isso tem relação com a luz acesa no painel?

Agradeço a ajuda Very Happy

Spec

Mensagens : 5
Data de inscrição : 15/12/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Problema no câmbio CVT (zunido, perda de potência, etc).

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 34 de 38 Anterior  1 ... 18 ... 33, 34, 35, 36, 37, 38  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum